Pílula para homens: avanço



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Tentativas anteriores de desenvolver uma pílula anti-bebê para homens mostraram que isso só é possível com uma forte intervenção no equilíbrio hormonal dos homens. Isso também afetou a libido dos homens e seu desejo por sexualidade diminuiu rapidamente. O efeito dessa preparação combinada, baseada em testosterona e progestogênio, foi confirmado em um amplo estudo da Organização Mundial da Saúde (OMS) em 2011. Naquele momento, a depressão foi observada em dez por cento dos homens como resultado de tomá-la. Agora, os pesquisadores australianos poderiam ter dado um passo decisivo no desenvolvimento de uma variante amplamente livre de sintomas.

Os cientistas da Universidade Monash, em Melbourne, desativaram duas proteínas cruciais responsáveis ​​pelo transporte de espermatozóides. Isso foi publicado na terça-feira em um artigo da revista americana Proceedings, da Academia Nacional de Ciências. Para impedir o transporte, as proteínas que garantem o transporte de esperma durante a ejaculação foram alteradas para que haja virtualmente "infertilidade masculina completa", explica o pesquisador Sabatino Ventura. Esse método não hormonal não prejudica a viabilidade a longo prazo do esperma, nem afeta a sensação sexual ou a saúde geral dos ratos machos durante o experimento. "O esperma está lá, mas o músculo não está recebendo a mensagem química para transportá-lo", explica Ventura. Na próxima etapa, Ventura, que também trabalhou com cientistas da Universidade Britânica de Leicester no estudo, gostaria de simular quimicamente esse processo genético para que ele também possa ser liberado em homens com a ajuda de um tablet.

"O próximo passo agora é desenvolver um medicamento oral que seja eficiente, seguro e facilmente reversível". "Com os novos resultados, agora existem melhores opções para o desenvolvimento de um contraceptivo que funcione efetivamente e, além disso, não é fabricado em base hormonal, segundo os autores do estudo.

Tentativas anteriores de desenvolver uma pílula contraceptiva para homens geralmente produziam espermatozóides estéreis. Agentes hormonais também podem interferir na atividade sexual. Ventura está convencido de que seu método não afetará o homem. "Quando você é jovem e chega à idade que deseja ter filhos, para de tomar (a pílula) e tudo deve ficar bem", disse o pesquisador à ABC. fr)

Imagem: Martin Berk / pixelio.de

Informação do autor e fonte



Vídeo: 5 coisas que aconteceriam se o HOMEM tomasse anticoncepcionais


Artigo Anterior

As empresas de seguro de saúde também precisam pagar por aparelhos auditivos mais caros

Próximo Artigo

Mais empresas de seguro de saúde pagam pela limpeza profissional dos dentes